Goianésia, GO
Bom dia - domingo, 24 de fevereiro de 2019
 
 
Polícia Civil prende quadrilha que aplicava golpes em Goiás, Paraná e DF
MAIS GOIAS - 05/12/2018
 Na manhã desta quarta-feira (05), a 5ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Luziânia, em ação integrada com a Polícia Civil do Paraná e do Distrito Federal, deflagrou a operação denominada “Boi na Linha”, com o objetivo de combater e desmantelar uma organização criminosa especializada em extorquir vítimas de furto/roubo de veículos.

Cerca de 70 policiais civis cumpriram 20 mandados judiciais. Destes, doze são de prisão temporária e oito de busca e apreensão. As investigações apontaram que os criminosos ligavam para os Batalhões de Polícia Militar e Delegacias de Polícia, e se passavam por policiais. Dessa forma obtinham informações acerca das ocorrências envolvendo os veículos subtraídos das vítimas.

De posse dessas informações, a quadrilha entrava em contato com as vítimas para extorqui-las. Cobravam um valor em dinheiro, prometendo que seus bens seriam restituídos em determinado prazo. A vítima depositava o dinheiro para os criminosos com a esperança de recuperar o bem, o que não acontecia.

Um dos integrantes da quadrilha já estava preso na penitenciária da cidade de Luziânia, e aplicava os golpes de dentro do local. Nove indivíduos foram presos nessa fase da operação, sendo seis detidos na cidade de Luziânia, um em Novo Gama  e outro em Cidade Ocidental.

Alguns dos presos forneciam suas contas bancárias para o chefe da organização criminosa, em troca de uma comissão. As investigações da operação foram iniciadas pela Polícia Civil do Estado do Paraná, com posterior apoio da Polícia Civil do Estado de Goiás, tanto na localização dos suspeitos, quanto nas diligências operacionais.




Espalhe:

http://itaja105.com.br/n/19485




Leia também...

22/02/2019 Declaração do IR deve ser entregue entre 7 de março e 30 de abril
22/02/2019 Campanha de carnaval contra Aids usa tom sóbrio e não se refere a gays
22/02/2019 Transição torna aposentadoria pelo teto do INSS quase inacessível
22/02/2019 Desemprego é o maior dos últimos sete anos em 13 capitais brasileiras em 2018
21/02/2019 No STF, Fachin nega mais um pedido de liberdade de Lula
21/02/2019 Vale faz acordo e vai indenizar todos os moradores de Brumadinho por um ano
21/02/2019 Reforma da Previdência: veja os principais pontos
21/02/2019 Flamengo se recusa a fazer acordo para indenizar famílias de vítimas