Goianésia, GO
Bom dia - domingo, 24 de fevereiro de 2019
 
 
Briga de trânsito entre policiais militares termina com tiroteio e um deles baleado em Goiânia
globo - 05/02/2019
 Uma briga de trânsito envolvendo dois policiais militares terminou com troca de tiros e um deles baleado, no Setor Jardim América, em Goiânia. Segundo o boletim de ocorrência, durante a confusão, o cabo Cleber Alves Rodrigues efetuou o primeiro disparo, atingindo a porta do carro onde estava o soldado Maurício Estevam Machado, que revidou e feriu o colega com um tiro na perna. Ele está internado.

O fato aconteceu no sábado (2). Segundo a assessoria de imprensa da PM, ambos estavam de folga, não se conheciam e só descobriram que eram colegas de profissão após os disparos. As armas foram apreendidas e foi aberto um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar os fatos.

Imagens mostram movimentação na rua logo após a confusão. O soldado foi levado para a Corregedoria da PM, onde foi ouvido logo após a ocorrência e liberado. Ele ainda terá de se apresentar à Polícia Civil para depor sobre o caso.

Já o cabo foi socorrido e levado ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). De acordo com a unidade de saúde, ele passou por cirurgia e se recupera em um leito de enfermaria. Seu quadro clínico é considerado regular.

A TV Anhanguera não conseguiu contato com os PMs envolvidos na briga.




Espalhe:

http://itaja105.com.br/n/19566




Leia também...

22/02/2019 Declaração do IR deve ser entregue entre 7 de março e 30 de abril
22/02/2019 Campanha de carnaval contra Aids usa tom sóbrio e não se refere a gays
22/02/2019 Transição torna aposentadoria pelo teto do INSS quase inacessível
22/02/2019 Desemprego é o maior dos últimos sete anos em 13 capitais brasileiras em 2018
21/02/2019 No STF, Fachin nega mais um pedido de liberdade de Lula
21/02/2019 Vale faz acordo e vai indenizar todos os moradores de Brumadinho por um ano
21/02/2019 Reforma da Previdência: veja os principais pontos
21/02/2019 Flamengo se recusa a fazer acordo para indenizar famílias de vítimas