Goianésia, GO
Boa noite - sábado, 17 de agosto de 2019
 
 
Suspeito de estuprar menina de 12 anos e colocar fogo na casa da vítima é preso em Iporá
Mais Goiás - 31/07/2019

Sob suspeita de estuprar uma menina de 12 anos e colocar fogo na casa da vítima, M.S.A.S, de 34 anos, foi preso na manhã da última segunda-feira (29) em Iporá, a 226 quilômetros de Goiânia. O suspeito é ex-companheiro da mãe da menor. Segundo Ramon Queiroz, delegado à frente do caso, o homem já foi preso por duas vezes por agredir a mulher. Ele saiu da prisão há cerca de quatro meses.

De acordo com o delegado, os abusos começaram pela manhã. Eram 7h quando o homem invadiu a casa no bairro Umuarama para praticar o crime. “A menina acordou assustada, enquanto o homem praticava sexo oral nela”, revela Queiroz. Em um momento de distração do indivíduo, porém, a garota conseguiu correr e pedir ajuda aos vizinhos, que chamaram a polícia. Enquanto isso, o homem ateou fogo à casa e fugiu.

Ele foi detido por policiais militares na região do Rio Santa Marta e resistiu à prisão. Com ele, foram apreendidos dois celulares e três calcinhas da vítima.
O suspeito foi encaminhado à delegacia da cidade, onde responderá por crimes de estupro de vulnerável e pelo incêndio. “Em depoimento o homem alegou ser inocente em relação ao estupro”, diz o delegado. A mãe da vítima também foi ouvida pela polícia e disse apenas que não estava em casa no momento do crime.




Espalhe:

http://itaja105.com.br/n/19788




Leia também...

16/08/2019 PIS/Pasep: benefício para os nascidos em agosto já está liberado
16/08/2019 Enel é acionada por irregularidades no fornecimento de energia elétrica em Goiás
14/08/2019 Vale a pena aderir ao novo modelo de saques do FGTS?
14/08/2019 Goleiro Bruno tem propostas e pedirá à Justiça para voltar a jogar
14/08/2019 Najila critica pedido de arquivamento de acusação: ‘Palavra do Neymar vale mais’
14/08/2019 Caixa e Banco do Brasil já liberaram o pagamento do abono PIS/Pasep; veja quem tem direito
12/08/2019 Bebê de 2 meses é encontrada morta em casa, em Aparecida de Goiânia.
12/08/2019 PLANTÃO DA POLICIA MILITAR DE GOIANÉSIA 12/08/2019